terça-feira, agosto 01, 2006

COSTANGUEIRO II

Sentei pa descansar, quando apareceu um amigo completamente chateiado e aos berros. Tentei fingir que estava demasiado ocupado com os meus problemas, mas foi impossível. O meu amigo estava inconsolável. Foi assim que decidi falar com ele.
Então mano, qual é o problema? Tas a ver aquela via que sai da rotunda do zamba II e pessa pelo bairo azul? Yá tou a ver ( tive de fingir, porque não conheço Luanda, nem estou a ver..., talvez na imaginação, mas nem ai...). Apanhei ai o hiace pa ir ao trabalho, mas inventaram de fazer obra logo naquela estrada. Resultado: cortaram uma faixa da estrada e na que resta há muito engarrafamento. Pa variar, quando decidi ir à pé pa chegar ao salu antes de me marcarem falta, doutro lado da estrada as obras deram cabo de um cano de água e a rua ta toda "alagoada"( seria alagada se fosse apenas molhada, mas como formaram-se lagos...).
Para passar é preciso apanhar um costangueiro. Como havia muita gente apressada e poucos costangueiros, eles começaram a cobrar 100kz por cada travessia. Que absurdo! É o dobro do preço do taxi. Mas pronto né! Um gazo tem que bazar po salu e pronto, paga. Mas o pior tava pa chegar. Quando mesmo chegou a minha vez pa passar, epa quase a chegar no passeio o costangueiro começou a reclamar: Kota é muito bebucho, tem que dar 200kz, se não desce. Puto tas a gozar ou quê? Vou descer como? Então paga senão desce aqui mesmo!
Para meu azar: o puto fez-me descer! Com os sapatos e as claças entrei naquele alagoado e era uma vez: falta no salu, sapatos rebentados, e roupa molhada. Aquem devo pedir a responsabilidade pelos prejuízos?
Será que temos que fixar também o preço dos costangueiros pa travar a concorrência desleal ou
e preciso ter cuidado com os trabalhos nas estradas? Precisa-se, com urgência, recuperar a ética da responsabilização e fiscalização das obras públicas, porque no fim da linha é o pacato cidadão que paga a factura pesada.
Até breve!!!
Upindi Pacatolo

3 comentários:

Mankakoso disse...

XÊ! Manu Pakatolo, kurti bwé éssas tuas mukandas sobre esses mwadiés k xtão ajudare a Tekul na transportação dos populares!! Yô-yô!!!!! Esses gajus são bwé!
Também lhis vi lá ku eles!
Levei as tuas linkis na minha brógue!
Fui!!!

MN disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
MN disse...

Caro amigo,
Tomei a liberdade de postar no blog "Desabafos Angolanos" os seus posts (COSTANGUEIRO, COSTANGUEIRO II)

Estão devidamente identificados quanto a origem e ao autor.

Continue a escrever tão bem como tem feito.

Abraço